bandeira (flag) bandeira (flag)

Questões invisíveis da participação

Texto elaborado para alunos e corpo dirigente/docente do Curso (à distância) Educação Permanente em Saúde em Movimento da UFRGS/MS.

 
Como tutor, minha função é estimular e apoiar os alunos quando necessitem.
Como psicólogo sou obrigado a ser paranoico, preparado para buscar o lado oculto de tudo e, acredito, que só fui selecionado para este curso devido à psicologia orientada pelo processo que sigo.
 
Pois então, reconhecendo a dificuldade de educandas(os) em participar do curso e me identificando com o mesmo problema, vi logo de início o óbvio (desinteresse, tempo, etc.) mas hoje, despertei para a essência deste curso – o miolo da questão – o que realmente dificulta nossa participação: A MUDANÇA DA REALIDADE DA SAÚDE PÚBLICA.
 
Claro, (e calma!) que isto ainda está muito próximo do óbvio.
 
O que não é óbvio, é que não há outra opção para mudar a realidade a não ser MUDAR A NÓS MESMOS! Mudar como parecemos ser. Mudar como fazemos o que fazemos!
 
E não seria esta a meta essencial?/essência? do curso Educação Permanente em Saúde em Movimento?
Pois é, acordei de madrugada com a urgência desta comunicação: EU QUE ESTOU AQUI E VOCÊ QUE ESTÁ AÍ, NA ATENÇÃO, TEMOS O PODER E  O PESO DESTA MUDANÇA!
 
E isto, reflitam bem, tanto nos assusta e nos incomoda, quanto nos instiga, nos estimula e pode até nos realizar! Como profissionais e como pessoas.
 
...
 
Bom, nesta hora, depois do insight, nosso lado reflexivo precisa dar espaço ao nosso lado criativo, transformador, e parece que só a poesia nos ajudar a fazer uma síntese.
 
Lembra de Beto Guedes: “O medo de amar é o medo de ser livre”?
 
Eu me atrevo então a afirmar: Nosso medo de participar deste curso pode ser (é, na minha opinião) o medo de mudar nossa realidade, de nos realizarmos.
 
Vamos ousar a liberdade, esta arma quente, para mudar nossa realidade? Vamos ousar participar?
 
Você, que talvez não participa deste curso: por que não? Por que não mudar a visão sobre o seu trabalho: mudar-se para mudar sua realidade?
 
Quando me sentei para escrever, acordado por um sonho às 4:28h, estava decidido a me espraiar pela Plataforma do curso. Agora, à tarde, depois da Plataforma, decidi atingir também meus amigos da área da Saúde."
 
Raul Monteiro
 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.